quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

Debate sobre homossexualismo - Silas Malafaia e Marco Gladstone / PARTE 1

Debate acalorado sobre homossexualismo - Silas Malafaia e Marco Gladstone, da Igreja Contemporânea Na sexta-feira passada, 27 de novembro, o Pr. Silas Malafaia participou de um debate na emissora carioca Rádio Melodia FM, prefixo 97.3, cujo tema era as relações homossexuais. A roda de debatedores também contou com as presenças de Pr. Paulo Afonso, Pr. Augusto Miranda (Assembleia de Deus de São Gonçalo – RJ), Paulo César (Catedral da Assembleia de Deus em Jardim Primavera, Duque de Caxias – RJ), o Desembargador Fábio Dutra, e Marco Gladstone (homossexual e pastor da Igreja Cristã Contemporânea). O desembargador esclareceu o fato de que a nossa Constituição Federal não reconhece o casamento entre pessoas do mesmo sexo. Deixou claro que a Carta Magna é expressa no sentido de que tanto o casamento quanto a união estável, só são legais entre as pessoas homem e mulher. Por sua vez, Gladstone insistiu na idéia de uma igreja cristã que pode acolher o homossexual, sem, contudo, censurar a prática das relações de pessoas do mesmo sexo, denominada por ele como relações homoafetivas. Afirmou que, ao lado do seu companheiro, deseja abrir novas igrejas. Em seu turno, Paulo Afonso foi claro e direto ao falar da necessidade do cristão amar a pessoa do homossexual, mas, não aceitar à luz da Bíblia a prática homossexual. Sempre interrompido por Gladstone, o pastor Silas Malafaia foi contundente e firme em suas colocações contra a prática homossexual. E em meio ao calor do debate, alguém do auditório se destemperou e gritou xingamento dirigido contra sua heterossexualidade. Ao que foi respondido prontamente que poderia ser levado aos tribunais pela atitude impensada.
video

7 comentários:

  1. Esse é um assunto que ainda vai dar muito pano pra manga...

    ResponderExcluir
  2. Sera que Jesus agiria como Silas malafaia e os outros .. do fundo da minha alma axo que Deus não faz acepção de pessoas não escolhe pessoas por serem diferentes .. do fundo da minha alma axo que Deus ama todos .. pesar de falamos nos amamos os outros nos sempre falamos da boca para fora ..

    ResponderExcluir
  3. a verdade é que todos querem seguir a Cristo da maneira que querem, cheios de orgulho, soberba, praticando coisas que não são do agrado de Deus,não adianta moldar um Deus que aceite tais praticas, não é ele que tem que se sujeitar a nós e sim nós que temos que obdecer tudo o que nos tem ordenado.

    ResponderExcluir
  4. DEUS não faz acepção de pessoas, e quer que todos se salvem, mas para ser salvo o homem não pode andar como bem entende, JESUS andava com todos, não para deixa-los como estavam, mas para transforma-los

    ResponderExcluir
  5. Silas eh dos meu. Aki tinha q ser q nem na Africa e alguns paises do Oriente onde o homossexual eh condenado a morte.

    ResponderExcluir
  6. Deus tenha misericórdia...até pena de morte estão pedindo.

    ResponderExcluir
  7. Acho bem que cada um deva viver a vida que quiser viver... a verdade é que as igrejam evangelicas não se entendem, cada uma compreende a bíblia de uma forma e o povo fica confuso...
    Cada um que viva como quiser, cada cabeça uma sentença...acho que no dia do juízo final HAVERÁ MUITAS SURPRESAS.
    Cada um que responda por sua vida...
    Uns acham que outros estão vivendo no pecado por isso vão pro inferno...
    Outros se acham no direito de impor a sua doutrina.
    A Biblia que conhecemos foi traduzida por JOÃO FERREIRA DE ALMEIDA que pode sim ter entendido que se falava de homosexuais e vai que não esteja falando ? Já viram o original em Grego e Hebraico ?
    Dizem que quem faz tatuagens tambem não vai pro céus....deturparam um versículo da bíblica que nunca falou sobre esse assunto...pegue todo o texto e leia.
    Deus nunca fez acepção de pessoas.... Deus tambem dita regras de conduta....
    Então que cada um viva o que quiser viver..... e responda por si a Deus.

    ResponderExcluir